Empreender é SIM uma escolha ao alcance de todas nós!

Quem já me conhece ou me acompanha pelas redes sociais, já sabe que antes de abrir minha empresa, a Bolos em Arte, por mais de 15 anos atuei como Psicóloga Clínica e Professora Universitária. E que, durante estes 15 anos, me dediquei a minha formação como Psicóloga, chegando, em 2015, a concluir meu Doutorado em Psicologia Clínica.

Mas o que isto fala a meu respeito? Que, apesar de atuar como Psicóloga, minha formação era basicamente uma formação acadêmica. E esta foi a minha primeira grande dificuldade quando decidi mudar de profissão e, mais do que isto, decidi empreender. Por quê? Pelo simples fato de que, se naquela época, me pedissem para definir o que era empreendedorismo, com certeza precisaria buscar a definição no dicionário e ainda ficaria na dúvida se de fato teria compreendido.

Então, fui fazer o que mais sabia fazer naquele momento – Estudar. E, estudando as teorias tradicionais de Empreendedorismo, fazendo todos os testes para descobrir se eu possuía um perfil empreendedor, que descobri que não possuía nenhuma característica esperada de uma pessoa que está preste a abrir uma empresa. E de novo, Por quê?

Uma das razões que me fez buscar uma nova profissão foi poder estar em casa com meus filhos, colocando minha família como prioridade. E, nesta época, eu já era mãe de três lindas crianças. As minhas prioridades, possibilidades e características pareciam não se encaixar ao perfil empreendedor clássico. Mas, mais do que isto, espera-se de um empreendedor um sofisticado Plano de Negócio, onde ele tenha claro o que precisa de maquinário, infraestrutura, funcionários, para conseguir atingir metas muito específicas, para alcançar o resultado desejado e garantir a viabilidade do seu negócio. Trocando em miúdos, você tem que ter a coragem, de mesmo antes de abrir seu negócio, investir um dinheiro alto, e acreditar que o seu Plano de Negócio vai se impor até mesmo à realidade econômica do País e imprevistos.

É claro que aqui eu estou sendo exagerada e sarcástica, mas foi essa percepção que tive naquele momento, onde vi que, por não ter perfil empreendedor e NÃO querer assumir esses riscos, seria inviável ter uma empresa. E assim, quase desisti de tudo, mesmo antes da Bolos em Arte sair do papel.

E o que me fez não desistir? Encontrei, por meio de buscas no Google, textos sobre uma pesquisadora chamada Saras Sarasvathy, que havia desenvolvido uma teoria – Effectuation Teory (Teoria da Efetuação). Essa teoria desmistificava a máxima de que o empreendedorismo é para poucos. Isso porque, de acordo com Saras Sarasvathy, todos podem ser empreendedores desde que COMECEM COM O QUE TEM. Isso mesmo!!! COMECEM COM O QUE TEM.

E, para você ser um empreendedor que COMEÇA COM O QUE TEM, você precisa utilizar os 5 princípios básicos da Teoria da Efetuação:

1 – o princípio do Pássaro na Mão: Comece com o que tem, sem esperar a oportunidade perfeita.

2 – o princípio da Perda Acessível: Você precisa saber CLARAMENTE, o que está disposta a perder, caso sua ideia de empreendimento dê errado. Ou seja, as decisões a serem tomadas não podem ser guiadas pelo resultado positivo a ser alcançado com uma determinada ação, mas pelo o quê você pode perder, caso tudo dê errado. E você precisa saber se esta perda é sustentável para você, em sua vida.

3 – o princípio da Colcha de Retalhos: Comece oferecendo seus produtos para quem você conhece. Faça parcerias com pessoas e organizações. Convide pessoas para trabalhar com você, se isto for importante para o desenvolvimento da sua empresa. E aqui, vai uma dica minha, esteja inserida em grupos de negócios, e isto vale um artigo a parte.

4 – o princípio Se a Vida te der Limões…: Aprenda com os erros e os “fracassos”. Enquanto nas teorias tradicionais de empreendedorismo não há espaço para erros, Saras Sarasvathy ressalta como o erro pode ser a sua grande fonte de aprendizagem. No erro, você pode mudar o percurso, melhorar processos, amadurecer como empresária, conhecer melhor a sua empresa, descobrir seu público alvo, melhorar seu produto. Então a dica aqui é SEJA FLEXÍVEL e não tenha medo de errar. Lembre-se que você já avaliou se suas perdas são sustentáveis. Você já sabe, de antemão, o que irá perder por conta do eventual fracasso de uma ação e tem a segurança que essa perda não vai destruir você, nem o seu empreendimento.

5 – o princípio do Piloto do Avião: Você só consegue controlar aquilo que é, até certo ponto, controlável. Então, é necessário focar nos aspectos que estão dentro do seu alcance de influência.

Com esses 5 princípios, Saras Sarasvathy percebeu que a pessoa que quer começar a empreender precisa se dedicar ao AUTOCONHECIMENTO. Porque, será por meio do Autoconhecimento, que você vai encontrar as suas respostas que te ajudarão a mapear estes 5 princípios: o que você sabe fazer; quais são as suas perdas acessíveis ou o que você está disposta a arriscar; quem são as pessoas que você conhece e que podem se interessar pelo seu trabalho; quais são seus pontos fortes e fracos, porque assim você consegue descobrir como lidar melhor com os erros, imprevistos e como aprender com eles; e, por fim, compreender o que está sob o seu controle e o que não está.

               Foi a partir desse feliz “encontro” com a Teoria da Efetuação de Saras Sarasvathy que a Bolos em Arte nasceu. Assim, em julho de 2017, ainda chamando Più Dolce, comecei fazendo o que sabia – Doces Tradicionais para festa -, vendendo para meus amigos. Fui aprimorando meus conhecimentos, errei muito, corrigi muitas rotas, conheci melhor meu mercado, pensei em desistir algumas vezes, defini melhor o perfil do meu cliente, comecei fazer parte de um Grupo de Empreendedoras – lidericaoficial-, busquei ajuda especializada e de qualidade (Claridesenvolvimento e Moneyhero), entendi o papel da concorrência, aprendi o valor da constância e persistência e continuo caminhando, errando, aprendendo e, com tudo isto, me torno uma melhor empreendedora e minha empresa cresce. E hoje, a Bolos em Arte faz o que eu já desejava fazer lá no comecinho, quando ainda estudava as Teorias Tradicionais de Empreendedorismo: Bolos para Festas e Momentos Especiais; hoje, consigo que minha empresa cumpra com o seu propósito, que nasceu com a minha escolha em empreender: Encantar as pessoas com meus bolos! 

2 comentários

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s